Publicado em:
Descrição
Jogo interativo tem como intuito incentivar a vacinação e também reforçar sua importância, principalmente neste novo contexto social. Simula um Linfócito-T que perpassa por entre as células do corpo humano onde identifica e destrói células infectadas. A Progressão do jogo ocorre quando o jogador proporciona melhorias para célula de defesa. Dentre elas: o tempo de vida do linfócito, a capacidade de identificar mais células infectadas e quantidade de células que o linfócito consegue destruir. Pode ser utilizado como avaliação diagnóstica ou sensibilização inicial. Indicado para a 1ª série do Novo Ensino Médio Integrado. HABILIDADE ESSENCIAL: Reconhecer situações de risco de contrair DSTs e aids, propondo estratégias para redução desse risco; Identificar as diferentes formas de preconceito contra portadores do vírus da imunodeficiência adquirida (HIV), propondo estratégias interdisciplinares para minimizar essa situação. EJA: Esse ODA é interessante e diz respeito necessidade de vacinação para prevenir doenças. Simula o comportamento das células no organismo. Pode ser indicado para a Educação de Jovens e Adultos no segmento do Ensino Médio. Disciplina de Ciências.
Informações
Produzido por: Ludo educativo /CDMF/FAPESP/CNPq
Envie sua sugestão
Atenção

Esta sugestão restringe-se ao conteúdo indicado no link/url e ao resumo do objeto desta ficha técnica. Outros conteúdos, propagandas ou peças publicitárias presentes no site original de acesso ao conteúdo sugerido não fazem parte da sugestão desta ficha técnica. O eventual acesso de outros conteúdos no site original está sob total responsabilidade do usuário.

Antes de utilizar o conteúdo digital com alunos, acesse e conheça-o para certificar-se de que atende aos objetivos pedagógicos esperados.

Comentarios